Randy Rhoads, um dos maiores nomes da guitarra do Heavy Metal, começou sua carreira musical tocando com sua mãe, Delores Rhoads, em uma banda de jazz. Ele se tornou amplamente conhecido em 1979, quando se juntou ao Ozzy Osbourne como guitarrista para a gravação do lendário álbum Blizzard of Ozz.

No dia 19 de março de 1982, Rhoads estava em turnê com Ozzy Osbourne e a equipe estava programada para um show em Orlando, Flórida. Em vez de pegar o ônibus da turnê como geralmente fariam, Rhoads e alguns membros da equipe decidiram alugar um pequeno avião para voar sobre o local do show.

O avião era um Beechcraft Bonanza, pilotado por Andrew Aycock. Além de Rhoads e Aycock, a bordo estava o assistente de turnê de Rhoads, Rachel Youngblood, que estava aprendendo a voar na época.

O trágico acidente ocorreu logo após a decolagem. O avião voou muito baixo e colidiu com o topo da asa de um ônibus de turismo estacionado no local do show. O avião explodiu em chamas e todos a bordo morreram instantaneamente.

O impacto do acidente na comunidade do Heavy Metal foi devastador. Rhoads foi visto como um gênio da guitarra e sua morte prematura foi trágica e inestimável. Ele influenciou uma geração de guitarristas, incluindo Zakk Wylde e Kirk Hammett.

Zakk Wylde disse que Rhoads foi seu maior ídolo e sua maior inspiração. Kirk Hammett também disse que Rhoads era um dos guitarristas mais influentes do Heavy Metal e que sua morte deixou uma marca profunda na comunidade da música.

Em homenagem a Randy Rhoads, Ozzy Osbourne lançou o álbum Tribute em 1987, que apresentava as gravações ao vivo de Rhoads em turnê com ele.

Em conclusão, Randy Rhoads foi um grande talento musical que deixou um legado duradouro no mundo da guitarra Heavy Metal. Infelizmente, sua vida foi abruptamente interrompida em um trágico acidente de avião em 1982. Ele é lembrado e honrado como um dos guitarristas mais influentes e talentosos da história da música.